Trajetória Cristiano Valle

By | 2021-08-06T16:47:24+00:00 06/08/2021|Categories: Sem categoria|0 Comments

Nascido em São Paulo, Cristiano Valle sempre foi apaixonado pela natureza e, ao longo de sua vida, teve muito contato com ela, principalmente devido ao seu avô, Olavo Ferraz, idealizador da primeira reserva florestal privada do país, que concretizou o seu sonho ao tornar a reserva em uma Estação Ecológica Pública, mantendo aquela mata preservada para sempre.

Aos 19 anos, Cristiano se deparou com a difícil escolha entre seguir a faculdade de arquitetura ou de agronomia. Acabou se formando como engenheiro agrônomo pela Esalq-USP, uma das mais tradicionais faculdades do ramo no Brasil, mas mesmo assim nunca deixou a sua paixão pelas formas e o design de lado.

Depois de formado, Cristiano foi morar por um tempo em uma fazenda na floresta amazônica e, a pedido de sua mãe, começou a notar em cada detalhe o que a natureza ao seu redor tinha a oferecer. Com isso, passou a enxergar a beleza nas formas naturais da madeira e em certos aspectos realistas que ninguém via.

“No início, quando eu juntava pedaços ocos e esburacados de madeira, achavam que eu era louco, pois para as pessoas, naquele momento, aquelas peças eram tidas como lixo.” 

 Cristiano do Valle

Em 2003, teve a ideia de criar sua própria loja e, assim, surgiu a Tora Brasil, uma loja de móveis de madeira provenientes da Amazônia. Com apenas 2 anos de empresa, a Tora havia crescido tanto que precisou aumentar a sua operação para um showroom em Pinheiros, depois se estabeleceu por um tempo na Gabriel Monteiro da Silva e, atualmente, tem a sua fábrica instalada em Vinhedo, onde recebe clientes, arquitetos e amigos curiosos pelo processo.

Desde então, a Tora Brasil vem crescendo cada vez mais, desenvolvendo artigos de madeira luxuosos, duradouros, originais e sempre com um ideal de arte em todas as peças produzidas. Algo que vale ressaltar é que Cristiano tem uma preocupação em trazer a beleza da Amazônia para dentro de casa. Tendo isso em mente, todas as peças são trabalhadas com um enorme respeito à natureza, ou seja, mantendo todas as suas características naturais, veios, marcas de tempo, “imperfeições” e, muitas vezes, integrando-as com outros materiais, como vidros, acrílicos e metais.

Em 2007, já com a mentalidade de seguir a sustentabilidade, Cristiano conquistou a certificação FSC® (Forest Stewardship Council®), que comprova a utilização de madeiras de Manejo Florestal em suas peças, seguindo as normas de mínimo impacto possível no ambiente. O ideal por trás disso é o trabalho em conjunto entre o homem e o meio ambiente, para que possamos usufruir do melhor que as nossas ricas florestas têm a proporcionar, sem que a danifiquemos, preservando a sua fauna e flora, com desenvolvimento social na região.

“A melhor forma de se preservar uma floresta é fazer com que a sociedade perceba seu valor e desenvolvimento, e passe a apoiar e adquirir produtos certificados, dando força a essa cadeia.”

Cristiano Valle

Atualmente, Cristiano faz parte do Conselho do FSC® Brasil. Já expôs seus projetos na CASACOR Estocolmo, na Suécia; no Maison et Objet, na França; na Exposição Be Brasil, em Milão; e na ICFF (International Contemporary Furniture Fair), em Nova York, além de exportar peças para o mundo inteiro, chegando a ter um pouco de Tora em todos os continentes e, até mesmo, em lojas de renome ao redor do globo, como Louis Vuitton.

Ao longo de sua vida, Cristiano foi regido por duas frases: “não sabendo que era impossível, foi lá e fez” – Jean Cocteau; e “um dia é preciso parar de sonhar e, de algum modo, partir” – Amyr Klink. Assim, durante a sua trajetória, sempre trabalhou com o lado dos sonhos, da criatividade, da inspiração, nunca achando que algo é impossível e, principalmente, nunca duvidar de si. Dessa forma, conseguiu lidar com os desafios impostos à sua frente e construir o que antes era impossível.

 “Eu acho que nós temos uma missão no mundo: de entregá-lo melhor do que quando o pegamos; então o que que fiz para ele ser melhor? Essa sempre será a minha dúvida”

Cristiano Valle