O valor da arquitetura de interiores

Ter “bom gosto” – ou melhor, o seu gosto – não é suficiente para fazer um bom projeto de arquitetura de interiores, ou até mesmo do que chamamos mais popularmente de “decoração”. O arquiteto de interiores e o decorador são profissionais que estudaram estilos, proporções, tendências, e que com suas experiências são capazes de projetar espaços, e seguindo os desejos do cliente, os tornando aconchegantes, criando este nosso “ninho”.

São profissionais que atendem com a preocupação estética e funcional do que estão projetando. O arquiteto ou o decorador ouvirá o cliente em todas as etapas do projeto e da obra a fim de criar um ambiente que seja exatamente o que você quer e que expresse sua personalidade.

Por Marta Calasans

Por Marta Calasans

Também são profissionais capacitados tanto para projetar o ambiente quanto para tirar as plantas do papel e gerenciar a obra. Arquitetos devem ser comprometidos em respeitar o orçamento e prazo combinados inicialmente, e trabalham geralmente com uma metodologia própria, pautada em cronogramas e tabelas desenvolvidos, para garantir que a obra será entregue dentro do prazo e valor estipulados.

Por Sandra Fernandes

Por Sandra Fernandes

O trabalho sempre será com valorização do imóvel. O investimento que fizer durante a reforma voltará para o cliente futuramente, já que o imóvel pode valorizar e poderá ser vendido a um preço maior considerando o investimento. Importante termos aqui em mente mais um ponto: preço não é valor!

O arquiteto é fundamental para entender o seu valor! E te ajudar a transferi-lo para a sua casa, seu escritório ou qualquer outro lugar que você frequente.

Bom gosto estético, preocupação com o funcional, respeito aos processos, cronogramas e orçamento, valorização do imóvel e resolução de quaisquer possíveis problemas são algumas das responsabilidades do arquiteto, bem como fazer do ambiente um lugar aconchegante!

Precisa de ajuda? Fale conosco