A grande diferença entre documentação e certificação

By | 2021-04-08T12:03:15+00:00 02/04/2021|Categories: Sem categoria|0 Comments

A preocupação por parte do consumidor com a origem dos produtos e com a responsabilidade social e ecológica de uma marca vem crescendo cada vez mais e se tornando um fator decisivo no processo de compra. É preciso manter os olhos bem abertos, afinal, muitas empresas comunicam sustentabilidade para atrair e agradar ao público, mas suas atitudes podem não condizer com seu discurso.

Ao se tratar de um mercado que utiliza madeira como matéria-prima (desenvolvimento de móveis, construções, peças de decoração etc), alguns termos precisam ser esclarecidos, como o caso da diferença entre madeira legal ou documentada e madeira certificada.

O Documento de Origem Florestal, emitido pelo Sistema DOF, é uma licença obrigatória de controle da madeira. Sem esta documentação, o transporte – rodoviário, aéreo, ferroviário, fluvial ou marítimo – e o  armazenamento de produtos e subprodutos florestais são práticas ilegais. Através do DOF, é possível controlar e detectar a extração e comercialização ilegal da madeira, que apresenta inúmeros riscos para as matas brasileiras (como já comentamos aqui no blog).

Muitas empresas levantam o fato de que a madeira utilizada para o desenvolvimento de suas peças é documentada como um diferencial, mas, na verdade, o DOF é uma obrigação e não um ato que demonstra uma preocupação a mais com o meio ambiente e os impactos que podem ser causados pela extração inadequada da madeira. Além disso, algumas empresas até se colocam como “certificadas”, apesar de serem apenas “documentadas”. Pode parecer algo pequeno, simples, mas a diferença é enorme.

A certificação FSC® comprova que a madeira utilizada no desenvolvimento dos produtos de uma marca é fruto de um processo de manejo florestal sustentável, que prioriza um ciclo produtivo ecologicamente adequado, socialmente justo e economicamente viável. A empresa só adquire este certificado caso cumpra os princípios e critérios da Forest Stewardship Council (FSC®). Este sim é um diferencial, pois vai além das obrigações legais relacionadas à extração de madeira.

Para a emissão da certificação, é realizado um estudo inicial e uma avaliação completa da região da madeira, além de um acompanhamento periódico para verificação a respeito dos padrões de extração, para certificar mesmo, de maneira real e honesta, a responsabilidade ambiental e social.

Nós, da Tora Brasil, temos orgulho de ser uma empresa certificada FSC® e oferecer produtos que extraem a mais pura beleza da natureza de maneira correta e socioambientalmente responsável. Traçar um caminho para um futuro mais sustentável é uma de nossas principais missões!

 

Para consultar as empresas certificadas FSC, acesse https://info.fsc.org/certificate.php

 

Precisa de ajuda? Fale conosco