A arte de fotografar florestas

Fotografar florestas é uma arte. Quão fácil é ter o olhar focado em clicar cada milímetro da beleza exuberante do meio ambiente?

Nossa natureza é bela e abundante em todos os seus mínimos detalhes e poder fotografa-la é uma honra – e poucos o fazem com jus à sua beleza.

Ser capaz de registrar a vida que aspira e inspira entre os troncos fortes, as folhas de mil tamanhos diferentes, os musgos e cogumelos que nascem no solo, as criaturas que lá habitam… é uma tarefa um tanto complexa. E se aventurar pela vida selvagem a fim de retratar a natureza exatamente do jeito que ela é pode ser um desafio encantador.

A natureza está aí: nossas florestas são o coração da vida e estão esperando pessoas com o olhar certo para poderem se expressar em cada detalhe. Andreas Zerndl é fotógrafo e registra quase que diariamente as florestas da Alta Francônia, na Alemanha. Para ele, a floresta está sempre mudando e cheia de vida. Seu mês favorito é maio, quando o alho selvagem está florescendo e todo o chão da floresta se transforma em um lindo tapete branco.

Andreas Zerndl

Foto: Andreas Zerndl

Foto: Olivier Soette

Foto: Olivier Soette

Olivier Soette fotografa a natureza em seus extremos: ao nascer do dia e ao fim dele, porque é quando as florestas se mostram aos olhos nus em toda sua beleza e grandiosidade.

A iluminação desses períodos faz com que as fotografias pareçam achatadas, estilo preferido de Oliver

Para Jan Stria, o melhor a se fazer ao fotografar a natureza é esperar o inesperado. Aprender a ver e ouvir tudo o que acontece na floresta é o ponto chave para retratar sua beleza em cada detalhe.

Jan Stria

Foto: Jan Stria

Já no Brasil, deslumbrante e abundante em seus detalhes, a tarefa de capturar a verdadeira essência da fauna e flora se intensifica, e o resultado da expressão registrada torna-se uma verdadeira obra de arte.Entre muitos profissionais admiráveis, temos Rogério Assis, fotógrafo brasileiro que captura momentos únicos da floresta Amazônica nacional. Seu foco está no registro da mata antes e depois de queimas, e as muitas tribos indígenas que vivem por lá.

Foto: Rogério Assis

Foto: Rogério Assis

Outro fotógrafo ecológico brasileiro é Araquem Alcantara. O foco de seus registros está, principalmente, no sertão, dedicando-se à documentação e proteção da floresta brasileira, além da perceptível admiração, em seus trabalhos, por ecossistemas e reservas naturais.

Araquem Alcantara

Foto: Araquem Alcantara

A Amazônia, berço da maior biodiversidade do planeta, também tem sua beleza retratada pela fotógrafa Anna Guilhermina Baglioni. Seu trabalho consiste na captura dos traços e linhas dos objetos da floresta, explorando o universo tridimensional da natureza e suas composições.

Anna Guilhermina Baglioni

Foto: Anna Guilhermina Baglioni

O dom e profissionalismo de cada fotógrafo externalizam os diferentes detalhes acerca dos elementos naturais.  A beleza e a singularidade potencial que cada floresta possui são compartilhadas com o mundo, permitindo o contato com tais relíquias naturais por meio das lentes desses profissionais

Precisa de ajuda? Fale conosco