SUSTENTABILIDADE
A nossa relação e a preocupação com a madeira acontece muito antes da compra da matéria-prima. Ocorre no respeito ao meio-ambiente, a fauna e a flora Brasileira. Esse zelo é refletido em todo processo de confecção das peças e nossa equipe é treinada sobre os conceitos do manejo florestal, cuidados e manutenções, estrutura das madeiras, entre outros.

A matéria-prima da Tora Brasil provém de floresta de manejo de impacto reduzido no norte do Pará. A principal diferença entre o manejo de impacto reduzido e o convencional é o planejamento, que engloba desde o mapeamento da floresta, estudos das espécies, catalogação das árvores, estudo sobre o corte, construção planejada das vias de acesso e equipamentos de corte e retirada da madeira com transporte específico, além do acompanhamento da recuperação da área após o corte.

O princípio da sustentabilidade permeia toda a prática do manejo. A conservação da mata só ocorre quando a população local entende que a floresta vale mais de pé do que derrubada, retirando-se somente as árvores que serão utilizadas na indústria e na quantidade necessária. Assim, todos os anos haverá árvores prontas para corte, desde que haja a preservação de mudas, de outras espécies e do cuidado para que a fauna continue em seu habitat natural.

O manejo de baixo impacto segue uma série de regras como: a construção da estrada principal com largura de 7 m (para a passagem de grandes caminhões), estradas secundárias, pátio central, pátios secundários, utilização de skiters (trator especial com pneus de borracha que agride pouco o solo), entre outros.

Além disso, há todo o planejamento do corte, estudo sobre a queda da árvore, preparação da área (corte dos cipós que circulam a árvore que será derrubada), mapas das áreas da floresta, deslocamento da tora sem danificar ou derrubar outras árvores, transporte da madeira até o pátio de estocagem.

Posterior ao corte há o monitoramento da área para acompanhar a sua recuperação. Isso significa um período de 20 a 30 anos para que uma nova árvore possa ser retirada naquela área, permitindo assim a recuperação da floresta e o crescimento de novas plantas com tamanho ideal para o corte.

A Tora Brasil utiliza madeira (troncos) que normalmente são descartadas pela indústria moveleira, pois possuem um grau de aproveitamento muito baixo, pela quantidade de “defeitos” presentes nas toras. O que é defeito para indústria, para a Tora é o detalhe que torna o produto singular. É o design natural.

A criação das peças valoriza o trabalho da natureza, com suas formas excêntricas, as adaptando as necessidades do homem contemporâneo. O acabamento preserva as características naturais da madeira como; cor, cheiro, forma e aspecto.

A Tora explora as formas criadas pela natureza, como as marcas deixadas pelo tempo, insetos, animais que habitaram a árvore, época de chuva e de seca. Isto é, toda a história vivida pela planta, que ficou registrada na madeira.

Ter um produto Tora Brasil é mais que ter um produto de qualidade, design diferenciado, é ter a certeza de nossa real preocupação com a preservação da floresta amazônica.